terça-feira, 14 de maio de 2013

Briga de espadas final regional do Ketel One SP - Foi Batido ou Mexido?


Briga de espadas, literalmente assim foi a final regional do Ketel One SP.

Colhi relatos e depoimentos de participantes e jurados, pois não assisti o campeonato na integra. Segue um resumo dos fatos.

1° colocado Zulu N.O.H.
se destacou com “as técnicas apresentadas”. Preparou uma releitura de Caipiroska Ketel One e trocou a tradicional maceração de frutas, por uma técnica mais arrojada, como diria o próprio. Extraiu sabores e aromas das frutas de um equipamento conhecido pelos  colegas baristas, o aero-press, uma espécie de seringa que segundo ele extrai sobre pressão o néctar e homogeneíza  com eficiência o sumo na base desejada, neste caso Ketel One, sem deixar impureza pois conta com um filtro em celulose para reter sedimentos. Dispensando o uso de macerador e de Shaker, basta servir no copo com gelo.                                                                                   
Mas não foi só isso antes de  iniciar o preparo Zulu utilizou um SmookeGun (técnica de defumação) para aromatizar a guarnição do drink e oferecer um convite sensorial aos jurados. Na sequencia apresentou o aero-press e iniciou o preparo de seu coquetel, que foi servido em copo baixo com gelo bem quebrado junto ao licor de cascas de laranja preparado por ele mesmo. E o Zulu Bitter? É minha  gente! Como não podia deixar de ser, o famoso Bitter do Zulu também foi servido. Para mexer sua mistura Zulu trouxe uma antiga técnica mixologica e fez um Swizzle de canela em pau para misturar o seu coquetel.


3° colocado J. Kennedy MyNy Bar
com dois coquetéis muito bem equilibrados, uma Caipiroska Twist com bases de Chá verde e Cambuci,  e um Ponche de Ketel One que foi seu trunfo e que em minha modesta opinião estava ainda mais saboroso que sua ótima caipiroska. 

O garoto apesar de bem novo, se apresenta com elegância e classe deixando claro que está seguro de toda sua movimentação no bar. Tão seguro que finalizou seu Ponche com uma técnica de invejar qualquer sommelier. Fez menção a Napoleão e desembainhou um pequeno sabre que com segurança degolou a garrafa de espumante, para finalizar seu coquetel. Como reza a tradição serviu aos convidados seu preparo e deu um pequeno gole para confraternizar com os jurados sua excelente apresentação. 
Vida longa ao garoto.



Foi grande também o comentário sobre uma possível revelação feminina nesta etapa, a senhorita Thay Musley, com o seu pouco tempo de bar apresentou, segundo um dos jurados, um dos coquetéis mais saborosos do torneio. Estamos de olho.

Logo mais daremos informações sobre a grande final e sobre o segundo colocado que não conseguimos apurar até o momento. (apurado e anexado)


2° colocado Patrick Jakobovitsch

Nosso amigo Marcos Néia, que foi juiz nesta etapa e estará na final como competidor, nos deu a dica da apresentação do segundo colocado que infelizmente eu não assisti. Pela descrição de Néia, me parece que perdi a apresentação de um colega com dotes de chef. Aqui no Obarvirtual gostamos muito de técnicas gastronômicas, ficamos mais que curiosos para bater um papo com o rapaz. Sinta-se mais que intimado Sr.Patrick, em breve o visitaremos.
Segue a descrição enviada por M. Néia..

“Muleke fez uma caipiroska com maceração de baunilha na ketel por 10 dias, mais tangerina e pimenta num copo com gelo quebrado. Acompanhando uma "terra" de açúcar mascavo, castanha, chocolate e outra parada que dava um leve amargor harmonizando com o coquetel bem refrescante ;)
Seu trending foi uma doidera brava... Xarope de açai com ketel e purê de morango com chandon passíon (demi-sec rosé). O vagabundo ainda fez uma "papinha" de banana com uma quenelle de cupuaçu e areia de granola, coisa linda.

Pensa num campeonato com nível alto ;)

Há! É noix.
Marcos Néia”

O Autor:
Rodolfo Sousa Bob Rodolfo Sousa Bob é gastrônomo, mixologista, treinador. Sommelier formado pelo SENAC. Especialista nível 2 Wine and Spirits Education Trust. Administrador do blog OBARVIRTUAL.

3 comentários:

Marcos Neia disse...

Bob, tamo na área outra vez.

O 2o lugar foi o Patrick - http://www.facebook.com/patrick.jakobovitsch
Muleke fez uma caipiroska com maceração de baunilha na ketel por 10 dias, mais tangerina e pimenta num copo com gelo quebrado. Acompanhando uma "terra" de açúcar mascavo, castanha, chocolate e outra parada que dava um leve amargor harmonizando com o coquetel bem refrescante ;)
Seu trending foi uma doidera brava... Xarope de açai com ketel e purê de morango com chandon passíon (demi-sec rosé). O vagabundo ainda fez uma "papinha" de banana com uma quenelle de cupuaçu e areia de granola, coisa linda.

Pensa num campeonato com nível alto ;)

Há! É noix.
Marcos Néia

Rodolfo Sousa (Bob) disse...

Muito obrigado Marcos Néia pelas informaçoes vou acrescentar ao post.

Laercio Silva disse...

Show de bola Rodolfo-Bob ... Evento fantástico, técnicas de encher os olhos e dar "água" na boca rsrsrs

Postar um comentário

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | coupon codes